Sexualidade de cegos

Sexualidade de cegos

arton254-741caAlves de Toledo Bruns, Maria.

Editora Atomo, 2007.

A partir de uma observação profunda sobre a forma em que os adolescentes cegos se relacionam com os não cegos, o modo de se paquerarem e as dificuldades que os deficientes visuais têm nesse momento, nasceu o livro “Sexualidade de Cegos”, da sexóloga e pesquisadora Maria Alves de Toledo Bruns. Fruto de relatos de cegos e portadores de visão, o livro “Sexualidade de Sexos” tem como propósito facilitar e humanizar o conhecimento da sexualidade dos deficientes visuais, ou seja, desconstruir um preconceito ainda vigente na sociedade para dar lugar à inclusão social, afetiva sexual e à qualidade de vida. Um dos temas abordados pela autora são as facilidades e as dificuldades encontradas pelas famílias de jovens cegos ao falar sobre assuntos relacionados a sexo, como gravidez, aborto, doenças sexualmente transmissíveis e libido. A autora acredita ainda, que “o preconceito está diminuindo, porque o momento atual passa pela diversidade sexual. Com o passar dos últimos anos, eles estão demarcando a visibilidade. Os pais saem mais com seus filhos do jeito que eles são. O preconceito, o processo, está sendo diluindo”.



Contenidos relacionados

Simplemente como tú

País: Brasil Autor: UNAIDS/UNIFEM/ABGLT Año: 2009 Recursos: Spots Descripción: La campaña “Simplemente como tú” lucha contra el estigma y los...

Publicado

¿Te gustó este artículo? Déjanos tus comentarios.